Letra O Tempo Joga Contra Mim de Just Girls

Etiquetas:
Letra de canción
Portugués
Enviar a un amigo |


Otras canciones de Just Girls

Song Scroller

Visitar letra | Letras de canciones
 
Color de fondo


Color de la letra

Copia este código y pégalo en tu blog o web para mostrar el song-scroller de Album Cancion y Letra

Califica la calidad de esta letra
Espere un momento...
Puntaje: 4,00/5. Total votos: 0

O tempo joga contra mim
Tento não cair

Fazes tudo para me agradar
Mas eu tenho que te descartar
Mas sou presa fácil
Ainda tens muito para me dar
Digo o que penso sem me conter
Vejo o que não queres ver
Dou sem nada receber

A noite pede sarilhos
Estou pronta a partir o chão
Na pista de qualquer bar
Armar a confusão

O tempo joga contra mim
Tento não cair
No fundo eu não sou assim
Mas o risco vai subir
Vou ter que o assumir
Quando o tempo joga contra mim
Passando a correr
É difícil atingir um fim
E eu com pressa de viver
Pareço-me esquecer
Onde vou

Aqui tenho o escudo
Para mim é tudo
Se te armares em esperto
Já não chegas perto

Perdida por um, perdida por cem
Não assino por ninguém

A noite pede sarilhos
Estou pronta a partir o chão
Na pista de qualquer bar
Armar a confusão

O tempo joga contra mim
Tento não cair
No fundo eu não sou assim
Mas o risco vai subir
Vou ter que o assumir
Quando o tempo joga contra mim
Passando a correr
É difícil atingir um fim
E eu com pressa de viver
Pareço-me esquecer
Onde vou

Um dia vou-me descobrir
O outro lado vais sentir
Vou descobrir, vou descobrir
Se eu der a cor e tu o tom
Talvez me sobre o que há de bom
E eu vou sentir
Vou-me descobrir

O tempo joga contra mim
Tento não cair
No fundo eu não sou assim
Mas o risco vai subir
Vou ter que o assumir
Quando o tempo joga contra mim
Passando a correr
É difícil atingir um fim
E eu com pressa de viver
Pareço-me esquecer
Onde vou
Tomado de AlbumCancionYLetra.com
O tempo joga contra mim
Tento não cair
No fundo eu não sou assim
Mas o risco vai subir
Vou ter que o assumir
Quando o tempo joga contra mim
Passando a correr
É difícil atingir um fim
E eu com pressa de viver
Pareço-me esquecer
Onde vou